Quais são as taxas cobradas no sistema de franquias?

Como muitos de nós já sabemos, o sistema de franquias consiste em um acordo entre duas partes, em que uma é o franqueador, e a outra o franqueado. (A Lei 8.955 de 15/12/1994 define a questão das franquias). O franqueador cede ao franqueado alguns direitos para que ele possa usufruir dos benefícios de um modelo de negócio de sucesso.

Entre os principais direitos cedidos, estão:

  • O uso da marca;
  • Comercialização;
  • Sistema de operação;
  • Gestão.

Caso ainda tenha dúvidas sobre o sistema de franchising, encontre mais informações nesse link: Clique aqui. 

Colocamos a seguir a descrição das principais taxas cobradas pelas Franqueadoras em um sistema de franchising.

Principais taxas cobradas no franchising!

  • Taxa de franquia: Valor geralmente pago na concessão da franquia, que refere-se ao direito de fazer parte da rede e a acessar todo o know-how desenvolvido pela franqueadora, bem como o uso da marca.
  • Taxa de royalties: Taxa paga com uma periodicidade definida (em geral, todo mês) pelo franqueado à franqueadora como retribuição ao acesso contínuo de know-how e demais benefícios, bem como a fornecedores homologados e programas de suporte e capacitação.
  • Taxa de marketing: Também chamada de taxa de propaganda ou de publicidade; é cobrada dos franqueados para que se forme um fundo a ser gerenciado pela franqueadora para uso em campanhas de divulgação nacional, regional ou local.

SAIBA MAIS

Encontre informações sobre milhares de opções de franquias para investir em nosso Portal ou em nossos Aplicativos gratuitos para Android e IOS.

Franchisingbook App Store

Franchisingbook Google Play

Quais são as taxas cobradas no sistema de franquias?
Resultado das Avaliações do Post!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.