Setor de Vestuário, Calçados e Acessórios! Saiba mais…

Setor de Vestuário, Calçados e Acessórios

Gostar de moda é fundamental para quem pretende investir em uma loja de roupas e acessórios, sobretudo porque a intuição é importante na hora de acompanhar as tendências, e saber quais mercadorias comprar ou não, de modo que não falte produtos para venda, e também não sobre demais em estoque. Saber quando comprar, quanto comprar, onde, como, e o motivo da compra, também são fundamentais em áreas de compras bem geridas.

Normalmente as roupas ficam encalhadas em 3 situações:

  1. Quando estão amarrotadas ou escondidas;
  2. Não atendem ao gosto e ou ao bolso do cliente;
  3. A equipe de vendas não “comprou”, não encantarem-se pelas roupas.

Nesse ramo o treinamento de equipe também é muito importante, uma das formas indicadas para melhorar as vendas é fazer com que os vendedores vistam as roupas da coleção. Em um momento de crise econômica, inclusive por não trabalhar com itens de extrema necessidade, o setor sente os efeitos da crise, porém, quem apostar no segmento encontrará grande variedade de marcas e produtos, bem como preços competitivos de imóveis (condomínio e aluguel).

Confira a seguir um resumo sobre aspectos importantes que devem ser considerados por quem pretende investir no setor de vestuário, calçados e acessórios.

 

duvidas-sobre-setor-de-alimentacao-tendencias

Tendências

Os interessados em investir no setor de vestuário, calçados e acessórios, precisam acompanhar as tendências e terem ciência dos riscos de cada coleção. É necessário administrar a questão do encalhe, peças que não caírem no gosto dos consumidores podem ser vendidas posteriormente numa liquidação, por menos que o planejado.

 

 


Vitrine

A vitrine é o principal cartão de visitas de uma loja. A fachada precisa ser atualizada com novidades sempre que necessário, e encantar o cliente. Caso não tenha habilidade para tal tarefa, existem fornecedores para isso. É crucial ter um bom mix de produtos distribuído adequadamente dentro da loja também.

 

 

 

Equipe

Até mesmo antes de vender ao cliente, você precisa “vender” os produtos aos seus funcionários. Uma das principais causas para o fracasso é a falta de interesse dos funcionários. Caso você, na condição de empreendedor, não tenha bom conhecimento de moda, seu gerente precisará ter, portanto é importante que o empreendedor goste de gerir pessoas.

 

Perfil das franquias do setor de vestuário, calçados e acessórios

Alguns números gerais de formatos de lojas-padrão, quiosques ou Home Based do setor de vestuário, calçados e acessórios. Os valores mínimos e máximos podem variar considerando o número constante de novas aberturas de marcas.

  • Capital inicial: Pode variar em geral entre R$ 25 mil e R$ 2,1 milhões ou mais
  • Capital de giro: Pode variar em geral entre R$ 10 mil e R$ 520 mil ou mais 
  • Taxa de franquia: Pode variar em geral entre R$ 6 mil e R$ 100 mil ou mais
  • Prazo de retorno: Pode variar entre 6 e 60 meses
  • Número de funcionários: Pode variar entre 1 e 10 funcionários
  • Lucro esperado sobre vendas em 2016: 13,8%

Leia mais

Acesse informações sobre milhares de opções de franquias para investir em nosso Portal, ou Aplicativos para Android ou IOS

Setor de Vestuário, Calçados e Acessórios! Saiba mais…
Resultado das Avaliações do Post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *