Vantagens e desafios do sistema de franquias

Vantagens e Desafios do Sistema de Franquia

Wagner Arnaldo, de Franchisingbook.com.br

Vantagens e desafios do sistema de franquias (Franqueador / Franqueado)

Franqueador (Vantagens)

Com o modelo de negócio pronto para ser replicado o sistema de franquias pode ser uma ótima opção e oferecer diversas vantagens ao franqueador:

  • Rapidez na expansão do negócio – O investimento em novas lojas será feito pelos franqueados.
  • Mais disponibilidade de tempo, e recursos focados em ações de marketing e desenvolvimento de produtos e serviços.
  • Fortalecimento da marca e penetração de mercado – Devido à visibilidade e capilaridade alcançadas com aberturas de unidades franqueadas.
  • Economia de escala – Em função da redução do custo médio de produção e do preço pago pelos insumos.
  • Equipe reduzida – Cabe aos franqueados manter e gerenciar sua própria equipe.
  •  Lealdade do canal de distribuição – Parceria firmada entre franqueadores e franqueados para o sucesso da rede.
  • Maior eficiência na gestão das unidades – A motivação e a liderança de cada franqueado em busca de resultados para a sua empresa contribui para essa vantagem.
  •  Redução de riscos trabalhistas – Não há vínculo empregatício entre a empresa franqueadora e os franqueados e seus funcionários.

Franqueador (Desafios)

Contudo, toda atividade empresarial envolve riscos, que dentro do Sistema de Franchising se impõem ao franqueador como desafios a serem enfrentados. Devido à sua influência no sucesso ou insucesso de uma franquia, alguns deles podem ser ressaltados:

  • O primeiro desafio é aquele que impõe uma divisão de poderes, uma vez que os franqueados são empresários, responsáveis legais por suas empresas, além de terem interesse em participar das decisões tomadas pela franquia com o intuito de defenderem seus interesses.
  • Um dos temas mais delicados na franchising é o relacionamento entre franqueadores e franqueados e a administração de conflitos na rede, que exigirão atenção e liderança dos franqueadores para que possam ser minimizados.
  • A definição do perfil ideal do franqueado e a escolha daqueles que melhor se enquadrem neste perfil representam menos problemas a serem resolvidos.
  •  A manutenção dos padrões operacionais determinados pelo franqueador e que, frequentemente, por falta de treinamento ou descaso deixam de ser seguidos, é vital para a imagem da marca.
  •  O franqueador precisa acompanhar o desempenho dos franqueados para que um mau desempenho não ponha em risco a saúde financeira da franquia e sua imagem no mercado.
    A necessária transmissão de informações implica em perda relativa de sigilo empresarial.

Franqueado (Vantagens)

Conhecendo como funciona o sistema e encontrando uma franquia adequada ao seu perfil, o franqueado poderá aproveitar as vantagens que o sistema proporciona, dentre as quais podem ser destacadas:

  •  Uso de marca testada e reconhecida no mercado, reduzindo os erros comuns em negócios iniciantes, uma vez que o modelo franqueado será fruto da experiência do franqueador, que já terá promovido ajustes, antes e durante a opção pelo modelo de franquia, para melhoria e credibilidade da marca junto ao público-alvo da empresa.
  •  Participação em uma rede, aumentando o poder de negociação junto aos principais fornecedores, troca de experiências e maior presença da marca no mercado.
  •  Menores riscos, devido ao uso de modelo já testado e apoio para escolha do ponto, implantação e gestão da unidade franqueada.
  •  Utilização de know-how do franqueador, o que reduz o tempo para a implantação, otimização dos recursos utilizados e riscos de insucesso.
  • Economia de escala, por participar de um processo de compras que envolve toda a rede, reduzindo os preços pagos ou rateando as despesas, como os custos de propaganda.
  •  Orientação e assistência na administração do negócio, com treinamentos, manuais e consultoria de campo.
  •  Maior concentração nas vendas, resultado da transferência de know-how, do apoio na gestão e por ser responsabilidade do franqueador o desenvolvimento de produtos e serviços para a rede.

Franqueado (Desafios)

Muito embora a participação em uma rede de franquias possa representar inúmeras vantagens para o franqueado, é preciso que ele tenha ciência dos desafios mais comuns do sistema, como:

  •  Controle permanente para manutenção dos padrões. Durante toda a vigência do contrato o franqueador verificará se o modelo está sendo corretamente replicado pelo franqueado, exigindo os ajustes necessários para correção de erros ou adequação a mudanças.
  •  Poder de decisão limitado, devendo o franqueado consultar a franquia e obter sua autorização toda vez que desejar realizar ações que não digam respeito às decisões gerenciais de responsabilidade exclusiva do franqueado, inclusive quanto à escolha de fornecedores.
  •  Pagamentos de royalties e taxas, pela cessão do direito de uso da marca, para usufruir do modelo franqueado e se beneficiar do suporte oferecido pelo franqueador.
  • Risco de insucesso do franqueador, uma vez que também é uma empresa sujeita às incertezas do ambiente externo ou a erros de gestão, que afetam não só a ela, mas a toda a rede de franqueados que utilizam sua marca, know-how ou até produtos.
  • Dificuldade na transferência do negócio, por caber ao franqueador a aprovação do novo franqueado a participar da rede e pelas taxas que serão cobradas a título de transferência do contrato de franquia e, em muitos casos, do contrato de locação.
  • Obediência à determinação de localização, que tanto pode ter o aspecto positivo de assessoria para a escolha do ponto, quanto redução da liberdade de escolha por ter que acatar as determinações de localização previstas no plano de expansão da franquia.

Fonte: Sebrae

Sua empresa está pronta para ECF?

 

Empresas Lucrativas




Vantagens e desafios do sistema de franquias
Deixe sua Nota para Nosso Post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *